E já há alguns dias que começaram saldos pós Natal…Para ser franca eu, antes do Natal, já tinha visto lojas com descontos até 70%…
Não sei como tem funcionado convosco mas, eu fui aprendendo à minha própria custa. Passei pela fase em que me deslumbrava e comprava coisas que olhando para elas pensava: “Só xx € ??? Vou levar, vai fazer-me um jeitão….” A verdade é que muitas peças acabava por nem as vestir. Caminhei para um estilo antagónico e diria mesmo radical “Não compro nada nos saldos!” Claro que me roía de  raiva ver que aquelas sabrinas afinal, disse-me uma amiga minha que até calça o mesmo que eu, tinham custado um terço nos saldos!!

OMG…o que fazer então face ao famigerado conceito dos Saldos!?

O ideal será:

1º Dar uma valente volta nos armários. Ser implacável, ver o que realmente vamos usar e desfazer-nos de todas as peças do “talvez use … quem sabe”

2º Ver se aqueles básicos obrigatórios que adoramos ainda estão em condições de nos acompanharem durante mais uns tempos.

2.1º E desses básico falo em: Jeans, camisa branca, calças pretas, fato completo, sapatos pretos (salto alto e sabrinas/mocassins, conforme o teu estilo) e ainda aquela tendência que sabes que se vai usar e adoras!

3ªPara além dos básicos aquela camisola (casaco, sapatos etc) que andavas a namorar mas, que eram muitos €€€ na altura e tiveste a sorte de encontrar o teu n.º….

4ª É importante que estabeleças um orçamento…Não vá acontecer que mesmo nas peças essências dês largas à tua imaginação e quando olhares para o extracto bancário, não fiques assim tão confortável.

5º Ou sabes mesmo que é aquele o teu n.º ou então tens mesmo que experimentar. Lembra-te que um 36  numa loja pode ser o 40 noutra.

6º Ainda que no calor da emoção da compra…inspecciona as peças, muitas têm defeitos e deves avaliar se mesmo assim vale a pena comprar.

Posto isto, coragem e boa sorte! 😉

Share:

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Solve : *
3 + 2 =


Secured By miniOrange