Ultimamente sinto-me cansada, cansada de estar ao pé de pessoas que não tenho a certeza se me vão achar bonita/interessante e, dar tanto valor a isso…Só me apetece estar junto da minha família e dos meus amigos mais próximos. São eles que me arrancam sorrisos. Bem sei que não é muito meu partilhar posts desde tipo com vocês… Mas o blogue mudou, eu mudei e quando dei por mim estava a escrever. Estou em Idanha-a-nova, terra onde nasceram os meus pais e que é tão minha. Agrada-me o silêncio rompido apenas por alguns carros mais acelerados mas, dos passarinhos também. Reaprendo a amar locais e recantos que já me tinham feito feliz na infância mas que actualmente me negava a vê-los e tão pouco a senti-los. As gargalhadas a horas impróprias, os gelados de melancia já de madrugada, que me fazem tão ou mais feliz que um hotel em Paris (atenção que adoro Paris e voltarei sempre que possa! Bien sur ahahaha). 

De manhã desço para tomar um café, o calor é tanto que tenho que o fazer…Converso com a dona do café, já minha conhecida, sinto-me feliz por isso. Conversas despretensiosas, conversas que sabem a vida.

Às vezes penso o que quanto desvalorizamos o que realmente nos faz bem, as pessoas que realmente fazem sentido para sermos verdadeiramente felizes…Perdemos tanto tempo e energia com coisas que nos fazem mal, lutamos por elas como se a nossa vida dependesse desse “tão poucochinho!”

Que estas breves linhas vos façam pensar, pensar no que realmente vale a pena…

Um beijo no <3

Teresa Celestino

 

 

 

Share:

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Solve : *
29 × 23 =


Secured By miniOrange