viagens

2 dias em Amesterdão 2 dias Leiden


Olá, olá , esta publicação já vem com algum delay.  Os meses de Novembro e Dezembro para quem escreve para um blogue e revistas são dos mais caóticos do ano, por causa do Natal e, a verdade é que fui deixando este post para depois e para depois…
No entanto, cá estamos e, falo-vos da minha última escapadinha, desta feita à Holanda entre os dias 16 a 19 de Novembro…
Mais uma vez, a minha primeira visita à Holanda, nomeadamente em Amesterdão já tinha sido há vários anos e foi chegado o momento de refrescar e redescobrir a cidade. Porém, a viagem ficou dividida em dois dias em Amesterdão e dois em Leiden onde ficamos instaladas.
Leiden é uma bonita cidade onde encontramos de tudo… Desde museus, lojas a restaurantes… Diria que é uma óptima aposta para passar também uns dias. Não deixamos de incluir no roteiro a visita a um moinho, tão típico da Holanda, (Molenmuseum de Valk) que está muito bem preservado que por dentro quer por fora…
Mas, vamos “saltar” até Amesterdão…De Leiden até lá fazíamos a viagem de comboio. Este é  bastante confortável e a um preço simpático de cerca 10 euros.
Amesterdão tem uma infinidade de coisas para visitar, dois dias é muito pouco… Ainda assim, conseguimos ver o Museu do Queijo, o Museu das Tulipas, a Casa de Anne Frank e até o Museu do Sexo (vá, só para ver como é que era ahahha, ele há vários, fomos ao que na altura nos pareceu mais perto de onde nos encontrávamos) Infelizmente o Museu Van Gogh estava sempre com os bilhetes esgotados das duas vezes que fomos…Para mim foi um tormento já que sou apaixonada pelo artista. Aconselho-vos a comprar os bilhetes pela Internet ou com alguma antecedência no Museu propriamente dito.
Demos ainda um magnifico passeio pelos canais de Amesterdão que, para além de muito agradável é imperativo para quem quer conhecer um pouco mais da cultura e arte, especialmente em pouco tempo…
Juntaram-se a tudo isto longos passeios pelas rua de Amesterdão onde existe tanto que ver e descobrir… Para comer optamos muitas vezes pelo street food, é mais em conta e é uma excelente forma de expressão cultural do país. Os stroopwafles (bolachas típicas) também fizeram parte das provas mas, confesso que, ou ia com demasiadas expectativas ou, não tive sorte, porque não achei nada de espectacular…
Escusado será dizer que nesta altura do ano quer Leiden, quer Amesterdão “transpiravam” Natal. Eles tem coisas muito bonitas nesta época que vale também a pena ver…
O transporte rei é a bicicleta, quem souber andar de bicicleta tem que experimentar!
Ah! Outro “must see” de Amesterdão é famosa estrutura de letras gigantes a dizer I Amesterdam. Está situada junto ao Museu Rijksmuseum. Este também dizem que vale muito a pena, há quem diga mesmo que este é o Louvre em Amesterdão mas,  como é tão grande nem se quer tentamos pois o tempo escasseava.
Em suma, soube-me a pouco! Tenho mesmo que voltar, desta vez com objectivos bem defendidos para não me escapar mesmo nada.
Se já foram ou vão a Amesterdão partilhem as vossas experiências ou duvidas comigo . Podem fazer-lo aqui no blogue, ou por mp!
Um beijinho
Teresa

Share:

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Solve : *
9 − 3 =


Secured By miniOrange